Auckland : Skytower

Auckland: Skytower

Nesta Sexta-feira, o Fotos e Destinos viaja para o outro lado do mundo. Mais especificamente para o país com o maior número de textos já publicados aqui no blog (pelo menos até o momento). A Nova Zelândia, que com este post, chega a marca dos 50 posts publicados.

E para inaugurar os posts da série na Oceania, essa semana voamos até Auckland onde eu levo vocês para conhecer a mais alta estrutura já construída pelo homem no hemisfério Sul. A icônica Sky Tower de Auckland.

1 Cidade : 1 Atração = Auckland: Skytower

Projetada e construída em meados da década de 90 para ser utilizada como antena de TV, rádio e telefonia. A conspícua Skytower de Auckland foi a contruída a um custo total de aproximadamente de 50 milhões de dólares americanos e foi inaugurada ao público em 3 de Agosto de 1997. E desde então é, indubitavelmente, o mais importante e visível marco arquitetônico do Skyline da maior cidade da Nova Zelândia.

Imprevistos acontecem! Garanta seu seguro de viagem aqui!
Utilize o link promocional: CLIQUE AQUI para receber desconto em sua compra.

De sua base até a extremidade de sua antena principal são 328 metros de altura. E mesmo prestes a completar 20 anos, ostenta até hoje o título de estrutura de aço + concreto mais alta já construída pelo homem no hemisfério sul.

Peça fundamental nas telecomunicações da Nova Zelândia. Além de conectar, receber, transmitir e retransmitir o sinal de inúmeras estações de rádio (23 para ser mais exato) e celular. A Sky Tower tornou-se também uma importante e extremamente popular atração turística de Auckland.

Embora tenha se tornado obsoleta como torre de TV, desde que a Nova Zelândia adotou o sinal digital em 2013. A Auckland Skytower continua sendo uma importante torre de celular e rádio e ao longo das últimas 2 décadas tornou-se também registrada do cityscape de Auckland.

Lá em cima, além dos 2 mirantes localizados respectivamente a 186 e 220 m de altura. Encontramos também 2 famosos restaurantes e um badalado café. Todos com as melhores vistas panorâmicas da cidade.

Sendo a Nova Zelândia o país dos esportes radicais, aqueles dotados de um espírito mais aventureiro, podem ainda experimentar uma dose extra de adrenalina no Skywalk. Uma atração de aventura onde você pode caminhar pelo lado de fora do observatório da torre, preso apenas por 2 cordas.

Se isso não for o suficiente para incrementar o seu nível de adrenalina no sangue, você pode ainda pular os 192 metros do Skyjump até a base da torre. Parecido com uma mistura de base jump com tirolesa, você despenca lá de cima da torre quase em queda livre. Ao todo são cerca de 11 segundos de duração que na hora do primeiro pulo parecem levar uma eternidade para passar. Eu fiz uma vez e simplesmente adorei. A famosa cantora norte-americana Beyoncé quando fez uma série de shows aqui em Auckland no ano passado gostou tanto, que repetiu o pulo algumas vezes. 😀

Desde que mudei para Auckland, já tive a chance de visitar a Skytower em várias oportunidades. No dia em que fiz o Skywalk, o Skyjump e que visitei os dois observatórios da torre pela primeira vez, o dia estava muito bonito e com excelente visibilidade.

Depois disso, já estive na Skytower em várias outras oportunidades, mas tenho que dizer que subir lá em cima, só vale super à pena mesmo se o dia estiver bonito. Caso contrário, subir num dos inúmeros vulcões espalhados por Auckland certamente além de mais barato, vai ser muito mais interessante.

Lá de cima podemos observar, sob uma diferente perspectiva, várias coisas marcantes da geografia de Auckland. Entre elas os mais de 50 vulcões (extintos) espalhados pela cidade, a Westhaven Marina (a maior concentração de embarcações do hemisfério sul), além dos imponentes Auckland Museum e a Auckland Harbour Bridge. Além, é claro, de inúmeras outras atrações e pontos de interesse espalhados na região.

Para subir ao topo da Skytower, existem 3 diferentes elevadores que levam os visitantes até o Main Observatory Deck que comporta até 225 pessoas. A viagem até lá em cima dura cerca de 40 segundos, e o piso de vidro do elevador, faz aqueles que sofrem de acrofobia quase  a passar mal antes mesmo de chegar ao observatório e /ou restaurantes da torre.

Se você tem medo de altura, pode ficar tranquilo, o chão do elevador não é todo de vidro não. Se você não pode olhar para baixo por sofrer de acrofobia, é só ficar na parte do elevador onde o piso é opaco.

Para se chegar ao Top Observation Deck, o ponto mais alto que se pode visitar na torre de Auckland e que fica a 220 metros de altura, é necessário pegar um outro elevador que te leva até lá cima. Antigamente para subir até lá em cima era necessário se pagar mais, hoje o ingresso garante acesso a ambas plataformas.

Em dias claros e de boa visibilidade, como o que pegamos na maioria das vezes que subi aos mirantes da torre, é possível se enxergar até cerca de 82km de distância. O suficiente para avistarmos, a Península de Comomandel, Great Barrier Island, o Waitakare Ranges. Além é claro de boa parte do litoral, incluindo a Waitemata e Manukau Harbours,  e as inúmeras ilhas do Hauraki Gulf.

Mas lá de cima, quem de fato domina o visual no horizonte é Rangitoto Island. Uma ilha que na verdade é o maior vulcão da região de Auckland e que consegue ser quase tão alto quanto a torre. Levando-se em consideração a antena do Skytower, o Rangitoto é menor que a torre. Porém aqueles mais corajosos que escalam até a borda do vulcão, chegam 40 metros mais alto, do que se conseguimos chegar no Top Observation Deck da Skytower (ponto mais alto aberto a visitação na torre de Auckland).

Quando for visitar a Skytower de Auckland, tente retornar à torre para presenciar o pôr do sol e o acender das luzes da cidade lá de cima. É uma experiência muito legal, embora relativamente difícil de se fotografar.

Embora já tenha ido lá em cima algumas vezes, até mesmo levando um tripé, o reflexo das luzes do interior do observatório nas paredes de vidro exige que o fotografo faça alguns malabarismos para evitar que o reflexo da luz estrague a foto. Apesar de algumas tentativas frustradas, digo inúmeras fotos borradas. Depois de algum tempo mexendo nas configurações da câmera, as fotos ficaram muito legais.

Mesmo morando aqui a quase 3 anos ainda não tivemos a oportunidade de jantar/almoçar em nenhum dos dois restaurantes lá no alto. Mas certamente deve ser uma experiência ótima. Dizem que a comida é gostosa, não necessariamente extraordinária. Você paga mesmo pelo visual e pela experiência não necessariamente pela comida (preciso testar). Quando tivermos a possibilidade de fazer algo nesse sentido (em alguma data comemorativa), esta experiência deverá ser oportunamente relatada aqui no Blog.

O restaurante estacionário passou por uma grande reforma/upgrade no segundo semestre de 2013 e parece que ficou Top. Mas creio que o Orbit, único restaurante giratório da Nova Zelândia, seja a experiência mais legal.. Ele dá uma volta completa a cada 60 minutos. E das 3 vezes que tentamos reservar na véspera de ir não conseguimos lugar. Ou seja, se pretende visitar, reserve com pelo menos alguns dias de antecedência.

Depois de curtir o belíssimo visual lá de cima da torre, você ainda pode aproveitar e dar passadinha no Cassino do Skycity ou mesmo almoçar/jantar num dos restaurantes do Skycity. Não cheguei a experimentar todos os restaurantes de lá, uma vez que eles não são lá muito em conta. Além disso, na Federal Street e outras ruas adjascenetes à torre, o que não faltam são restaurantes. Quase em frente a Skytower, encontramos um restaurante turco bem simpático, ele acabou não entrando no post com dicas de onde comer aqui em Auckland. No entanto era um forte candidato e tem um carneiro assado maravilhoso de lamber os dedos.

Dicas

Quando você compra o ingresso para visitar a torre pode fazer um upgrade para voltar novamente à torre outra vez no mesmo dia para ver o por-do-sol e anoitecer na cidade por apenas 4NZD. Vale super à pena se você tiver tempo.

Curiosidade

Ao longo do ano a Auckland Skytower muda de cor graças a um sistema de iluminação que usa a tecnologia LED. A cor escolhida para iluminar a torre geralmente tem um significado. Para maiores informações sobre o assunto acesse este link.

Horário

A visitação aos 2 observatórios da Skytower de Auckland funciona 7 dias por semana das 08:30 até as 22:30 ficando aberto 1 hora extra às sextas e sábados entre os meses de Outubro e Abril. Entre Maio e Setembro, a torre abre uma hora mais tarde e fecha uma hora mais cedo. Lembrando que os últimos ingressos do dia são vendidos 30 minutos antes do fechamento da atração.

Se este post foi útil para você, ajude o blog a continuar existindo reservando hotel, alugando carro, contratando seguro viagem, comprando passagens, SIM Cards e reservando seus passeios e atrações. Prestigiando nosso trabalho e planejando suas viagens através dos links do blog continuaremos a postar dicas e posts de nossas aventuras pelo mundo e assim esperamos ajudar a melhorar ainda mais a sua experiência de viagem.

Reservando através dos links do blog você não paga mais por isso, mas o blog recebe uma pequena comissão. Você pode ficar sabendo mais sobre como isso funciona na política do blog Fotos & Destinos.

Aproveite também para seguir nossas redes sociais como Instagram e Facebook

 

Obrigado!!

Oscar Augusto Risch

10 Comentários

  1. avatar
    Posted by Carlos A. Ranzani| 06/04/2015 |Responder

    Parabéns…mais um ótimo e brilhante post. As fotos ficaram divinas, especialmente as noturnas. Vcs estão confirmando todas as boas informações da Nova Zelândia. De deixar com água na boca….

    • Posted by Oscar Augusto Risch| 06/04/2015 |Responder

      Carlos
      Legal saber que você gostou do Post.. As fotos noturnas foram tiradas com tripé.. Como comentei no texto, o reflexo da iluminação do Observatório no vidro atrapalha bastante as fotos.. Por mim a vontade era de mandar apagar as luzes para fotografar sem reflexo..
      A Nova Zelândia é fantástica, uma pena que fique tão longe do Brasil e ainda custe tão caro visitá-la.. Mas mesmo assim, vale à pena conhecer!! A partir de Dezembro a Air New Zealand começa a operar um vôo entre Auckland e Buenos Aires com 3 frequências semanais
      Abraço

  2. avatar
    Posted by Melissa Arraie| 06/04/2015 |Responder

    Parabéns Oscar. Blog excelente.
    Gostaria de pedir uma ajuda a vocês. Estarei em Auckland no réveillon e queria saber se existe alguma programação bacana pra fazer na cidade. Onde a maioria das pessoas vão? Vocês indicam algum lugar? Poderiam me indicar um restaurante legal para jantar no dia 31?
    Desde já, agradeço a atenção!
    Obrigada,
    Melissa Araripe

  3. avatar
    Posted by Nathalia Ramos| 06/04/2015 |Responder

    Estou indo passar 20 dias na Nova Zelandia e estou vendo um hotel para os dias que vou ficar em Auckland. Podem me indicar qual é a melhor regiao/bairro pra ficar? Vi que as atracoes estão mais no downtown, mas nao queria ficar num lugar taaaoo turistico. Prefiro um lugar charmoso, com restaurantes, cafes e frequentado mais por locais. Sabem me dizer? Super obrigada e parabéns pelo Blog!

    • Posted by Oscar Augusto Risch| 06/04/2015 |Responder

      Nathalia
      Recomendo ficar na região central mesmo, Parnell ou Ponsonby.. Neste dois últimos você encontra vários cafés e restaurantes bacanas..
      Abs e obrigado pela visita

  4. Posted by Kellen Veridiane Hernandez Silveira| 06/05/2015 |Responder

    Olah!
    Estou planejando a minha viagem para a terra dos Kiwis e o blog estah sendo extraordinariamente útil.
    Ótimas detalhadas descrições!
    Parabéns pela iniciativa!
    E muito obrigada pelas dicas!
    Abraços.

  5. avatar

    […] para a fotografia na cidade. Pois alí, além das flores, é possível também enquadrar a Skytower na […]

  6. avatar

    […] 328 metros de altura, a Auckland Skytower é sem dúvida o principal landmark do skyline de Auckland. Projetada e construída em meados da […]

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Todos os campos são requeridos.