Motivos para visitar Macau www.viajoteca.com

8 motivos para você visitar Macau

8 motivos para você visitar Macau

Localizada à cerca de apenas 65 km ao oeste de Hong Kong, Macau é uma cidade vibrante de constrastes históricos interessantes, cujas marcas de seu rico passado colonial lhe renderam o status de patrimônio mundial da humanidade, autorgado pela UNESCO em 2005.

Macau

Originalmente fundada por pescadores chineses oriundos das províncias de Guandong e Fujian. Macau era, no inicio da sua história, um pacato vilarejo pesqueiro do sul da China até que no auge do mercantilismo ultramarino português, por volta de 1553, os primeiros mercadores portugueses se estabeleceram na região, ao longo de uma rota marítima de comércio internacional que ligava Portugal à India, Malásia, China, Taiwan (Formosa) e Japão.

Apesar de Macau não ter sido formalmente anexada a estrutura administrativa ultramarina de Portugal até 1844, com o passar do tempo, os portugueses, foram deixando marcas profundas nesse cantinho ao sul da China que ajudaram a moldar a cidade de Macau que nós conhecemos hoje.

Nos mais de 450 anos que a cidade ficou sobre direta influência lusitana, Macau presenciou a construção de vários de seus monumentos, hoje tombados pela UNESCO, e que incluem fortificações, igrejas e casários coloniais incríveis. De quebra, ainda transformou a língua portuguesa numa das línguas oficiais de Macau.

Imprevistos acontecem! Garanta seu seguro de viagem aqui!
Utilize o link promocional: CLIQUE AQUI para receber desconto em sua compra.

Embora, infelizmente pouquíssimas pessoas ainda tenham o domínio pleno da língua portuguesa nos dias de hoje, as tradições culturais, culinárias e as influências arquitetônicas dos antigos senhores coloniais portugueses revelam um estilo excepcionalmente mediterrâneo em plena costa do Mar da China.

Estas influências ocidentais, misturadas aos costumes orientais, as vielas, os templos e santuários chineses fazem de Macau um local incrível de se visitar. Um local onde a globalização começou a ganhar forma a mais de 5 séculos atrás.

Além disso tudo, hoje, Macau é também conhecida como a Las Vegas do Oriente e seus opulentes hotéis/cassinos são a aposta desta região administrativa especial, por sinal, o único lugar na China onde os jogos de azar são legais, no futuro.

Então, para começar uma pequena série de posts sobre a cidade e instigar vocês a conhecer um pouco mais sobre a cidade, que tal começarmos com um post falando sobre alguns motivos para você conhecer Macau?

Vamos lá?!

Patrimônio Mundial da Humanidade

Tombado pela UNESCO como patrimônio mundial da humanidade em 2005, o centro histórico de Macau foi o 31o dos 50 locais tombados pela Unesco até 2016 na China.

Macau é o produto direto do intercâmbio cultural entre o Ocidente e o Oriente ao longo de mais de 450 anos, e é atualmente o mais antigo, o mais completo e o mais bem consolidado conjunto arquitetônico de origem européia e que se manteve intacto até os dias de hoje em solo chinês.

Herança Portuguesa

Para nós brasileiros, a visita ao centro histórico de Macau é particularmente interessante. Pelo fato de tanto o Brasil, como Macau serem países de origem lusófona. Vários dos edifícios encontrados na parte antiga da cidade tem seu nome escrito em português em suas respectivas fachadas. Levando-se em consideração que estamos do outro lado do mundo, em plena China, ler as coisas em nossa língua materna é algo muito curioso.

A língua portuguesa também está visível fora da parte antiga de Macau, seja nas placas de trânsito, na sinalização ou até mesmo no material de promoção turística da cidade. Mas quando você tenta se comunicar com qualquer pessoa, você logo se decepciona ao perceber que o português não é quase mais falado na cidade. Dizem, que na verdade aqueles que ainda sabem tem vergonha, ou utilizam o domínio da língua como uma espécie de arma secreta em ocasiões específicas.

Essa por sinal foi uma das minhas únicas decepções em Macau. Como absolutamente quase todas as placas estão escritas em cantonês (dialeto chinês falado no sul da China) e português, quando você entrar num taxí, não estranhe absolutamente nada se o seu taxista não souber/entender quando você falar que quer ir ao Largo do Senado, ou às Ruinas de São Paulo. Por isso tenha sempre um mapa em mãos ou o nome do local que deseja ir em cantonês.

Gastronomia

A cozinha cantonesa é considerada uma das mais saborosas da China, quando você une ela à riquíssima culinária portuguesa, o resultado são restaurantes MARAVILHOSOS. Na verdade, as experiências gastronômicas em Macau são sem dúvidas um dos grandes diferenciais da cidade como destino turístico na China.

Porém o que você não pode deixar de fazer em Macau, gastronomicamente falando, é ir comer num restaurante português. Você encontra ótimos restaurantes lusitanos perto do A-Ma Temple na Rua do Almirante Sérgio, no centro da cidade na Rua Central ou na travessa de São Domingos. Porém meu favorito até o momento fica na rua dos Clérigos em Taipa (uma ilha de Macau). Em Taipa você também irá encontrar outros restaurantes portugueses na Rua do Cunha e na Rua Fernando Mendes.

Bolinhos de Bacalhau ❤️❤️❤️

A photo posted by Oscar Risch瑞习 (@mauoscar) on

Uma vez em Macau, não deixe de experimentar os famosos “pasteizinhos de Macau”, quero dizer Belém, os egg tarts como são também mais conhecidos. Eles são deliciosos!! Por sinal, além deles os biscoitos das padarias do centro histórico são deliciosos e são o excelente souvernir para se comprar em Macau.

Portuguese Egg Tarts (Pasteizinhos de Belém made in China) Macau ❤️❤️ A photo posted by Oscar Risch瑞习(@mauoscar) on

Fora Macau e Hong Kong é difícil encontrar outra cidade que ofereça uma concentração tão grande de restaurantes de diferentes cozinhas que se adapte a diferentes gostos e bolsos dentro da China. Na verdade, a comida sempre desempenhou papel fundamental na sociedade de Macau e ela é um excelente exemplo da multiculturalidade presente no estilo de vida cosmopolita da cidade.

Arquitetura

A arquitetura de Macau é testemunha ocular do pluralismo e intercâmbio cultural entre o oriente e o ocidente nos últimos 400 anos. Andar pelas ruas do centro histórico observando a arquitetura de Macau é também uma das atividades mais interessantes que você pode fazer na cidade.

Casario colonial no largo do Senado em #Macau

A photo posted by (@viajoteca) on

O centro histórico de Macau possui algumas das construções de influência ocidental mais antigas e ainda preservadas em solo chinês. Juntamente com o estilo colonial e barroco português, encontramos forte influência da arquitetura tradicional chinesa. Esse mix de estilos do oriente e ocidente tem um charme peculiar e é dificilmente encontrado em outro lugar do mundo.

Pelas ruas do centro antigo de Macau por @mauoscar #viajoteca #macau #macao A photo posted by www.viajoteca.com (@viajoteca) on

Arquitetônicamente falando, outro passeio interessante em Macau é uma caminhada pela região dos cassinos. Nos últimos anos dezenas de bilhões de dólares tem sido investido em Macau e num instante você será transportado para Las Vegas.

Jogatina: Os Cassinos de Macau

Os chineses adoram uma jogatina e percebendo que poderiam faturar muito com isso, os Jogos de azar em Macau foram legalizados pelos portugueses já em 1850 e hoje são sem dúvida a principal atividade econômica de Macau.
Atualmente Macau conta com cerca de 35-40 cassinos e desde que novas concessões foram abertas para investidores estrangeiros em 2002, os grandes cassinos de Las Vegas tem investido pesado para conquistar o mercado chinês.
E algumas pequenas adaptações ao modelo de negócio adotado nos EUA tem transformado Macau que até outrora era conhecida como a Montecarlo do Oriente na Las Vegas do Oriente.

Hoje, o volume de apostas em Macau já equivale a mais que o dobro do volume de apostas de Las Vegas. E com a abertura de 3 novos grandes cassinos (Wynn Palace, Studio City e Parisian) nos últimos 12 meses em Taipa, num investimento que ultrapassa a marca dos 12,3 bilhões de dólares deve fazer com que esses números aumentar ainda mais.

Proximidade com Hong Kong

Localizada a cerca de 45 minutos a 1 hora de ferry de Hong Kong, Macau é um destino imperdível para quem visita a ex-colônia britânica. Embora muita gente conheça Macau em apenas um bate e volta saindo de Hong Kong até lá. Idealmente, a cidade de Macau merece uma visita de pelo menos 2-3 dias.
E muito em breve Macau deverá ficar ainda mais próxima de Hong Kong. Com a construção Hong Kong – Zuhai – Macau Bridge, uma ponte de aproximadamente 50 km ligando as 3 cidades na desembocadura do Pearl River Delta, a qual deveria ser entregue até o final deste ano, mas que deve atrasar até 2020, a distância e conectividade entre as duas Regiões administrativas especiais da China deve ser pivotal para o processo de integração de ambas à república popular da China.

Entreternimento

Apesar de estar se transformando na Las Vegas do Oriente, Macau ainda tem um longo caminho a trilhar para se equiparar as opções de entreternimento e até mesmo shows disponíveis na Las Vegas original. Porém, com a abertura de novos grandes empreendimentos de cassinos americanos, aos poucos essa realidade deve começar a mudar.Macau

Até porque, apesar de a China ter mais de 1 bilhão de potenciais jogadores, para se firmar como um verdadeiro destino de entrertenimento, a cidade tem que oferecer muito mais do que máquinas caça níqueis, roletas e mesas de jogo. Afim de atrair mais visitantes e de diferentes perfis.

O fato é que apesar de hoje não ter um espetáculo fixo do Circle du Soleil, Macau já tem outras alternativas de shows e atrações que não deixam em absolutamente nada a desejar em relação à Vegas. Claro que isso voltado para um público peculiar, o Chinês.
Um dos melhores exemplos disso que estou falando é o show intitulado de “ The House of Dancing Waters“. O qual eu definiria como a versão chinesa, e porque não melhorada do espetáculo O do Cirque du Soleil que acontece no Bellagio em Las Vegas.

Falando em Bellagio, o recém inaugurado Performance Lake em frente ao Wynn Palace e Performance Lake e, frente ao Wynn são a versão local do show de águas do Belaggio. No caso do primeiro, que acabou de ser inaugurado em Agosto de 2016, é possível assistir ao show de águas dançantes através de um teleférico que circula ao redor do lago. Porém o “best seat in the house” é sem dúvida uma mesa na janela do excepcional buffet do café Fontana.

Entre as outras opções de entretenimento disponíveis em Macau temos ainda entre outras coisas: The Tree of Prosperity & Dragon Fortune, Pier 16 Macau 3D World, Grande Praça no MGM Macau a Golden Reel no Studio City entre outras tantas atrações.

Experiências de Luxo

Assim como acontece em Las Vegas, Macau é um excelente bom destino para experimentar excelentes hotéis de luxo que vão desde os hotéis classudos como o Mandarin Oriental, Four Seasons e afins aos mais extravagantes e cafonas que você pode imaginar. Afinal de contas, nunca devemos nos esquecer que Macau, além da tradição histórica é também a Las Vegas da China. E todos nós já sabemos que chinês, as vezes tem um gosto meio duvidoso.

Isso não quer dizer que hospedagem em Macau é tão barata e abundante quanto em Las Vegas, na verdade para conseguir bons delas você deve evitar os finais de semana e feriados da China e Hong Kong. 

Se este post foi útil para você, ajude o blog a continuar existindo reservando hotel, alugando carro, contratando seguro viagem, comprando passagens, SIM Cards e reservando seus passeios e atrações. Prestigiando nosso trabalho e planejando suas viagens através dos links do blog continuaremos a postar dicas e posts de nossas aventuras pelo mundo e assim esperamos ajudar a melhorar ainda mais a sua experiência de viagem.

 

Reservando através dos links do blog você não paga mais por isso, mas o blog recebe uma pequena comissão. Você pode ficar sabendo mais sobre como isso funciona na política do blog Fotos & Destinos.

 

Aproveite também para seguir nossas redes sociais como Instagram e Facebook

Obrigado!!

Oscar Augusto Risch

5 Comentários

  1. Posted by Philipp Muller| 16/10/2016 |Responder

    Que bacana Oscar! Quero muito fazer a dobradinha HK e Macau!

    • Posted by Oscar Augusto Risch| 16/10/2016 |Responder

      Legal Phillip!!

      São destinos complementares… Muita gente visita Macau no esquema bate e volta. Sim dá para fazer, mas eu recomendo ficar pelo menos 1 noite por lá para curtir melhor a cidade à noite.
      Obrigado pela visita

      Abs

  2. avatar
    Posted by Natalie Soares| 17/10/2016 |Responder

    Oi, Oscar. Tudo bem? 🙂

    Seu post foi selecionado para o #linkódromo, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia – Natalie

  3. avatar

    […] 8 motivos para você visitar Macau […]

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Todos os campos são requeridos.