Niue: Um destino no pacífico sul como nenhum outro

Niue: Um destino no pacífico sul como nenhum outro

Niue é uma pequena ilha-nação no meio do pacífico que apresenta uma paisagem completamente diferente quando comparada a seus vizinhos mais próximos. Com Samoa ao norte, Tonga ao sudoeste e as Ilhas Cook ao leste, ao invés de praias paradisíacas de areias brancas e lagoas de águas rasas e protegidas por recifes de coral, Niue conta com uma paisagem bastante peculiar. Repleta de penhascos, abismos, cavernas e dezenas de piscinas naturais, Niue exibe uma vida marinha surpreendente e uma beleza ímpar difícil de descrever em palavras.

Niue Recife de Coral

Distante, mas ao mesmo tempo no meio de tudo, Niue é surpreendente em todos os sentidos. Ponto central nas migrações dos povos polinésios ao longo de séculos, nenhum outro lugar do Pacífico se parece com Niue. Tão logo você desembarca no pequeno aeroporto de Niue você irá perceber que chegou a um lugar muito especial. Apelidado de “The Rock”, ou a rocha do pacífico. Niue apresenta um tipo raro de geografia. Considerado o maior atol elevado do mundo, a ilha na verdade, nada mais é que uma tampa de pedra calcária formada por corais fossilizados que graças ao vulcanismo fundiu-se ao topo de uma enorme montanha submarina que vem se elevando ao longo de milhares de anos.

Niue (22)

No lugar de praias, Niue é cercada por terraços de corais esculpidos pela forças erosivas do pacífico que formam inumeras piscinas naturais com abundante vida marinha, enormes penhascos e várias cavernas gigantes com estalagmites e estalagtites. Mas são, sem dúvidas, as piscinas naturais turquesa formadas pelo movimento das marés, onde podemos nadar e apreciar as paredes das falésias costeiras e alguns dos recifes de corais mais bem preservados do mundo que fazem de Niue um lugar tão especial.

Piscina Natural em Avaiki Caves em Niue

Piscina Natural em Avaiki Caves em Niue

Um dos grandes diferenciais da ilha de Niue, é que ela oferece a água costeira mais clara no Pacífico. Como é uma ilha formada por uma rocha calcárea extremamente porosa, não existem rios, lagos ou mesmo riachos em qualquer lugar da ilha. Desta forma, sem o escorrimento superficial das chuvas que acaba transportando consigo particulas de terra que por fim chegariam até o mar, faz com que a clareza do fundo do mar em Niue seja uma das mais impressionantes do mundo. O que por sua vez, associado a seu abrupto relevo submarino, transforma Niue num dos melhores lugares do mundo para a observação de baleias, mergulho e pesca esportiva.

Snorkel em Niue

Imprevistos acontecem! Garanta seu seguro de viagem aqui!
Utilize o link promocional: CLIQUE AQUI para receber desconto em sua compra.

Para quem mergulha, isso significa dizer que a visibilidade debaixo dágua chega a passar a casa dos 80 metros em todas as direções. Sério, sem exagero, nunca ví água do mar mais limpa que em Niue. Nem piscina tratada tem água tão limpa.

Mergulho em Niue

Como a profundidade do relevo submarino despenca para mais de 1000 metros a poucos metros da costa, durante a estação migratória das baleias jubarte que vai de de julho a outubro, você pode observà-las de praticamente toda a costa. Inclusive da janela/sacada do seu quarto no hotel, quando não escuta as mesmas cantando durante a noite. Além disso Niue é um dos poucos lugares do mundo que você ainda pode snorkelar com as jubartes. Quando as baleias não estão por ali de passagem o visitante pode nadar com golfinhos. Existem alguns grupos de golfinhos-rotadores residentes que circulam permanentemente ao redor da ilha.

Baleias Jubarte em Niue

Para quem curte aventura e natureza, Niue é um pedacinho do paraíso na terra cujos moradores fazem questão de preservar. Dividida em 14 aldeias, a população total de Niue está hoje na casa dos 1600 habitantes o que faz de Niue um dos menores países do mundo. Em fato o 5 menor país do mundo, segundo a wikipedia. Por sinal existem mais cidadãos de Niue (que também são cidadãos da Nova Zelândia) morando em Auckland, do que vivendo propriamente em Niue.

Habitantes de Niue

Originalmente Niue foi ocupada por samoanos de um lado e por tongans do outro, até hoje os moradores dos respectivos lados da ilha usam métodos diferentes, de acordo com a herança de seus ancestrais que estão visíveis até hoje na forma de como preparam seus umu’s (fornos subterrâneos) para cozinhar os seus porcos e ainda como celebram os seus dias de festas nas suas respectivas aldeias. Claro que isso, infelizmente tende a desaparecer, mas em nossa visita tivemos a oportunidade de visitar uma dessas festas numa das 14 vilas de Niue e foi lá que nos apaixonamos de vez pelo lugar.

Niue (4)

Atualmente, os habitantes que moram em Niue vivem basicamente do turismo, pesca e agricultura. Cientes das limitações e do seu potencial optam por não cortar a vegetação costeira em detrimento a casas/hotéis com vista para o mar, o que poderia causar run-offs durante as chuvas que por sua vez diminui seu apelo turístico.

Baleia em Niue

Para conhecer Niue em todo o seu esplendor, aventure-se pelo interior da ilha também. A ilha conta com inúmeras trilhas para mountain bike e uma costa recheada “Sea Tracks” para caminhadas que variam entre passeios de poucos minutos até passeios de meio dia.

Trilhas Bicicleta em Niue

E é justamente numa dessa caminhadas mais longas que se chega ao topo de uma escada vertical de uns 10m, que alcançamos depois de uma meia hora de caminhada através de uma floresta virgem de castanheiros e gengibres selvagens que de repente se abre em uma vista panorâmica espetacular da costa sudeste de Niue. Onde além do furioso pacífico em seus tons de safira, encontramos pináculos rochosos irregulares de pedra calcárea formados por corais fossilizados que se assemelham a uma paisagem de outro planeta.

Pinacles em Niue

A trilha nesta parte do passeio atravessa esses pináculos de coral fossilizado por meio de uma trilha precariamente pavimentada de concrerto pela qual podemos observar o oceano pacífico e toda sua força. Ao explodir contra a rocha, as barulhentas ondas lançam plumas de agua salgada e maresia que pulverizam a jorram blowholes ao longo da deste lado da costa impedindo o crescimento da vegetação em sua área de abrangência.

Ondas na costa sudeste de Niue

No final da trilha, chegamos ao topo de uma escada vertiginosa no Togo Chasm (pronunciada pelos locais como tongo). E lá mais uma supresa, um surreal oásis formado por coqueiros, inteiramente cercados por um paredão rochas calcárias de mais de 15-20 metros de altura. E o mais impressionante de tudo, crescendo a partir de um tapete de areia (sim! Quem disse que não iria encontrar areia em niue) abaixo do nível do mar. Vai por mim, desça a escada (não olhe para baixo enquanto desce) e poucos segundos depois você vai chegar a um ponto abaixo do nível do mar de onde pode escutar o som das ondas martelando na espessa parede rochosa do outro lado.

Togo Chasm

Não deixe de visitar também Anapala Chasm, uma fenda geológica que leva você até o lençol freático de água doce existente no subsolo da ilha. Idealmente visite o lugar próximo ao meio dia quando o sol a pino faz com que os raios de luz cheguem até a piscina de água doce. O incrível é que esta piscina de agua doce está a menos de 100 metros do mar.

Fenda Geológica em Niue

Dentre as piscinas naturais salgadas, não deixe de visitar lugares como, Matapa Chasm, Hikutavake Pools, Limu Pools e Avaiki Caves. Alguns desses lugares são acessíveis apenas durante a maré baixa, por isso é necessário se atentar a este detalhe. Fora isso é so aproveitar a hospitalidade do povo local e as delicias da culinária.

Hikutavake Pools Niue

Tenho que admitir, depois de ter visitado alguns vários destinos do pacífico sul. Niue foi sem dúvida a ilha mais surpreendente de todas. E ao lado da Polinésia Francesa, fazem parte do conjunto de destinos que um dia gostaria de voltar. Sim a polinésia francesa em termos de paisagem, culinária e oferta hoteleira continua imbatível, mas no conjunto acho que Niue não deixa nada a desejar. No entanto corra, pois o barato de Niue é que trata-se de um destino ainda não conhecido pela maioria dos turistas.

Limu Pools Niue

Para chegar em Niue existe apenas 1 opção de vôo por semana operado pela Air New Zealand partindo de Auckland, e desde 2014 durante a alta temporada (Jun-Ago) também está disponibilizando uma segunda frequência semanal. Como a escala turística é ainda bastante limitada, as opções de acomodação, transporte e gastronomia ainda são limitadas, mas reservando as coisas com antecedência você certamente vai ter em Niue uma das melhores férias da sua vida. Oportunamente pretendo escrever outros post falando mais sobre o destino.. Mas me diz uma coisa aí.. Você já tinha ouvido falar de Niue?

Voo Air New Zealand chegando em Niue

Como chegar em Niue

Aeroporto de Alofi em Niue (NIU) via Auckland com Air New Zealand

Onde ficar em Niue

Matavai Resort
Namukuku Cottages & Spa

Quando ir para Niue

Junho a Outubro quando as jubartes estão na área e o tempo é mais seco.
 

Onde fica Niue

 
 
 

Veja também:

Outros posts sobre paraísos tropicais pelo mundo

Outros posts sobre ilhas do pacífico sul

Clique nas imagens abaixo para explorar outros destinos

[vc_gallery type=”flexslider_fade” interval=”5″ images=”4026,5968,3786,3560″ img_size=”200×100″ onclick=”custom_link” custom_links_target=”_blank” custom_links=”https://www.fotosedestinos.com/category/destinos/oceania/samoa/,https://www.fotosedestinos.com/category/destinos/oceania/ilhas-cook/,https://www.fotosedestinos.com/category/destinos/oceania/fiji/,https://www.fotosedestinos.com/category/destinos/oceania/polinesia-francesa/,https://www.fotosedestinos.com/category/destinos/america-do-norte/estados-unidos/hawaii/,”]

9 Comentários

  1. Posted by Flora| 22/10/2014 |Responder

    Menino, voce acabou de colocar um ilustre desconhecido na minha lista de desejos… Que lugar lindo! Que post inspirador!

  2. Posted by Camilla Kafino| 09/02/2015 |Responder

    Desde quando você escreveu esse post eu to planejando visitar esse paraíso. Obrigada demais por compartilhar. Quantos dias você ficou por lá? como vou dividir a viagem com a Nova Zelândia, preciso milimetrar os dias!
    Ah, e no fim, acho que não verei as baleias, fiquei muito triste. Pelo que parece, apesar da temporada das baleias ir até outubro, a operadora só faz o passeio até setembro :/

    • Posted by Oscar Augusto Risch| 09/02/2015 |Responder

      Niue é destino de 1 semana.. A air new zealand voa apenas 1 x por semana saindo de auckland no domingo e chegando em Niue no Sabado… Em 2014 a Air New Zealand operou um 2 voo as quartas feiras ate Novembro, ate o momento nada oficial se o voo extra vai operar em 2015

  3. avatar
    Posted by O que fazer em St Croix| 30/04/2015 |Responder

    […] que fazer em Nassau, Bahamas Se apaixone por Niue, no Pacífico Sul Conheça Ilhas Cook Samoa, Polinésia a seu dispor Fiji… dispensa apresentação Tahiti e […]

  4. avatar
    Posted by karina| 15/06/2015 |Responder

    Boa Tarde!!
    Queria passar lua de mel, mas ainda estou vendo possibilidades… Para ir até essa ilha, só há voos saindo da nova zelandia ou há outra possibilidade?

    • Posted by Oscar Augusto Risch| 15/06/2015 |Responder

      Olá Karina
      Sim para chegar em Niue não há outro caminho a não ser saindo de Auckland. Air New Zealand opera 1 vôo semanal para lá que sai de Auckland aos Domingos e chega lá no sábado. O vôo leva cerca de 1 hora e meia. Nos últimos 2 anos durante a alta temporada opera uma frequência extra as quartas feiras.
      Se você estiver no Brasil a boa notícia é que a Air New Zealand começa a operar o vôo de Buenos Aires (EZE) Auckland (AKL) a partir de Dezembro de 2015..
      Abs

  5. avatar
    Posted by Caio Lobo| 25/07/2016 |Responder

    Só uma curiosidade: se não tem rios ou lagos, de onde vem a água potável para consumo?

    • Posted by Oscar Augusto Risch| 01/08/2016 |Responder

      Oi Caio
      A água potável utilizada na ilha vem basicamente de cisternas que captam a água da chuva e do lençol freático. Como Niue é um atol elevado devido a atividade vulcânica a porosidade da rocha/ coral fossilizado permite que a água penetre no solo e ao encontrar a rocha vulcânica que provocou o levantamento do atol faz com que acumule agua por ali..
      Abs

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Todos os campos são requeridos.